Mobe Wake
Diferenças entre pranchas de wakeboard para barco e para cable

Diferenças entre pranchas de wakeboard para barco e para cable

Se você é daqueles riders que curtem andar de wake no barco e também no cable park, vai gostar deste post!

Como as práticas são bem diferentes, as pranchas para barco e as pranchas para cable possuem características bem específicas e particulares. E uma coisa é certa: usando a prancha de wakeboard adequada para cada rolê dá pra ficar pro nas duas modalidades!

No cable park, devido aos diversos obstáculos, as pranchas de wake tendem a ser mais flexíveis, finas e altamente responsivas. As pranchas para cable também têm uma camada de proteção no fundo da prancha para que deslizem sobre as superfícies de maneira fluida e segura. Além disso, elas não possuem quilhas, o que garante maior mobilidade e manobras mais precisas.

Para iniciantes o ideal é começar com pranchas que possuem canaletas, elas facilitam no controle e estabilidade da prancha. Porém, tem aqueles que preferem começar com as pranchas com o fundo liso, esses terão um pouquinho mais de dificuldade no controle de borda, precisando de mais técnica para a estabilidade e para a cavada “toe side e reel side”. Quem domina uma prancha de fundo liso depois domina qualquer prancha.

Já a prática de wakeboard no barco, que usa as marolas como rampa, exige uma prancha mais rígida para garantir estabilidade nas manobras e aterrissagens, oferecer maior controle na cavada e diminuir os impactos. Elas geralmente são mais grossas e possuem canaletas e quilhas para aumentar a velocidade e melhorar a aderência na água.

As melhores pranchas de wake para barco são: State 2.0, Motive, Franchise e Baseline, todas da Hyperlite. 

As pranchas indicadas para barco são: motive, STATE, Cryptic, Baseline, Capitol, Riot Bio, RUSTY e a NOMAD que é uma prancha híbrida para o rider que quer andar tanto no Cable quanto no barco.

Tabela de Valores - Mobe Wake